Translate

sábado, 30 de março de 2013

Produção da carta e do envelope
















Caça ao tesouro de Páscoa











Páscoa

Os alunos encantam-se e divertem-se muito com o mundo da fantasia, da imaginação, mas o mais interessante é o quanto eles podem aprender com isso.

Iniciamos o trabalho da Páscoa com a música do coelhinho:


Coelhinho


De olhos vermelhos,
De pelo branquinho,
De passo ligeiro,
Eu sou coelhinho.
Sou muito assustado,
Porém sou guloso.
Por uma cenoura
Já fico manhoso.
Eu pulo pra frente;
Eu pulo pra trás;
Dou mil cambalhotas,
Sou forte demais!
Comi uma cenoura
Com casca e tudo,
Tão grande ela era!
Fiquei barrigudo.

Depois de ler, cantar e dançar a música, fizemos uma análise oral dos adjetivos existentes na letra e de seus respectivos substantivos.

Depois os alunos pintaram um desenho referente ao tema.

Conversamos sobre o significado da Páscoa, sua origem, a razão do coelho ser seu representante e do comércio que envolve esta data.

Após ensiná-los sobre as características de uma carta: data, saudação, corpo, despedida e assinatura, os mesmos escreveram uma carta para o coelhinho, foi realizado um trabalho individual de refacção da mesma e finalizando passaram a limpo em um papel de carta.

A professora de arte desenvolveu um envelope de E.V.A. em formato de coelhinho junto com as crianças, as cartas foram colocadas dentro de seus respectivos envelopes e "enviadas" para o coelhinho.

No dia seguinte, o professor de educação física realizou um caça ao tesouro. Quando o tesouro foi encontrado, para a surpresa de todos, a caixa estava cheia com os envelopes de E.V.A., cada um com um ovo dentro.




video

sexta-feira, 22 de março de 2013



O Ciclo da Água



Fonte:   http://www.youtube.com/watch?v=g26Wk4gpkws

Dia Mundial da Água


Dia Mundia da Água

Vídeo da Turma da Mônica - Vamos Economizar

video

http://www.youtube.com/watch?v=SlfpR8IgQeY

Dia Mundial da Água


Dia Mundial da Água - 22 de março

Nosso planeta tem cerca de dois terços só de água. Pela lógica, parece haver água sobrando para a população, não é? Parece um absurdo falar em crise da água?
Vamos aos fatos: 97% da água do planeta são água do mar, imprópria para ser bebida ou aproveitada em processos industriais; 1,75% é gelo; 1,24% está em rios subterrâneos, escondidos no interior do planeta. Para o consumo de mais de seis bilhões de pessoas está disponível apenas 0,007% do total de água da Terra.
Some-se a isto o despejo de lixo e esgoto sanitário nos rios, ou ainda as indústrias que jogam água quente nos rios - o que é fatal para os peixes. A pouca água que existe fica ainda mais comprometida. Isto exige a construção de estações de tratamento de esgoto e dessalinização, por exemplo. E exige conscientização para que se evite o desperdício e a poluição, principalmente nas grandes cidades.
Com o objetivo de chamar a atenção para a questão da escassez da água e, conseqüentemente, buscar soluções para o problema, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu em 1992 o Dia Mundial da Água: 22 de março.
Por conta disso, a ONU também elaborou um documento intitulado "Declaração Universal dos Direitos da Água", que trata desse líquido como a seiva do nosso planeta.

Declaração Universal dos Direitos da Água

De acordo com a Declaração Universal dos Direitos da Água, ela é seiva do nosso planeta e condição essencial da vida na terra. Confira os artigos:
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.
Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.
Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.
Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.
Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.
Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.
Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.
Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.
Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.
Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra

A água e nosso futuro

De acordo com a ONU, o uso da água triplicou de 1950 para cá. Para o futuro, estima-se que nos próximos 20 anos o homem vai usar 40% a mais de água do que usa agora.
Antes que esse dia chegue, imagine só como ficarão as pessoas que, no presente, já carecem de água. É o caso de cerca de 200 milhões de pessoas na África hoje e que, no futuro, podem chegar a 230 milhões sofrendo com a escassez de água.
O que pouca gente se dá conta é de que os problemas relacionados à água estão mais ligados à má administração de recursos do que propriamente da escassez natural. Isto quer dizer que o futuro pode ser um pouquinho melhor, se soubermos utilizar a água e criarmos soluções para situações críticas.
No caso das regiões semi-áridas brasileiras, por exemplo, isto fica bem claro: a região tem um índice pluviométrico (quantidade de chuva) bem alto - mais alto até do que de muitas outras regiões. O problema é a irregularidade dessas chuvas, os chamados períodos de "seca". Adaptando-se a essa realidade, é possível manejar o problema da água na região e a vida de muitas pessoas melhoraria! É possível um futuro melhor para a população.

Dicas para usar, sem desperdiçar!

Escovando os dentes: com a torneira fechada, claro! Você só precisa abrir na hora certa, quando vai enxaguar a boca. Assim, você deixa de desperdiçar até 80 litros de água.
Na hora de lavar a louça, atenção: não deixe a torneira aberta enquanto ensaboa e aproveite para enxaguar toda a louça de uma vez só! Com isso você pode deixar de desperdiçar até 100 litros de água! E, já que não custa lembrar, utilize sabão ou detergente biodegradáveis, que não poluem os rios porque se decompõem facilmente.
Quando for lavar o automóvel, use um balde! Pode não parecer, mas enquanto um banho de mangueira de meia hora consome até 560 litros, usando um balde o gasto não passaria de 40. Viu só a diferença? Os maiores desperdícios a gente nem nota...
Lavar a calçada com a mangueira também é um desperdício. Principalmente para quem aproveita para pôr as fofocas em dia enquanto molha o passeio... Por isso, na hora de lavar a calçada, também é melhor usar um balde, evitando-se um gasto que poderia chegar a 280 litros (quinze minutos de esguicho). Mas o melhor mesmo é usar uma vassoura, que dispensa água!
Banhos longos gastam de 95 a 180 litros de água. Banhos rápidos economizam água e energia. E banhos de banheira usam mais água ainda, cerca de 200 litros
Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/marco/dia-mundial-da-agua.php

quinta-feira, 21 de março de 2013

Ensinamento



"Ensina a criança o caminho que deve andar e ainda quando for velho, não se desviará dele.” Provérbios 22:6

Ficha de leitura

A "Oficina de Leitura" é parte do projeto "Álbum de Leitura", onde os alunos fazem a leitura de um livro, preenchem com os dados da obra e finalizam escrevendo algo sobre a mesma. Essa parte escrita irá variar de uma oficina para outra, sempre com a intenção de levar o leitor a uma análise crítica e/ou reflexiva da leitura.
Sugestões de escrita:

  • Escreva algo (livre) sobre a história.
  • Você acha que a trama poderia ter tido outro fim? Qual?
  • Qual foi a parte do livro que você mais gostou? Por quê?
  • Se você fosse a personagem principal como solucionaria "determinado" problema? (descreva o problema).


domingo, 17 de março de 2013

Os Pais e a Formação de um Bom Aluno


Para a formação de um bom aluno, a família é tão ou mais importante do que a escola. Afinal, a Educação não se resume ao ensino formal, mas ao desenvolvimento integral, o que inclui os valores morais, as atitudes, o equilíbrio emocional, entre outros fatores. Antes de qualquer coisa, os pais devem estar conscientes de que são os reais modelos de comportamento ético e moral dos filhos.
Mais do que conversar sobre esses princípios, deve-se demonstrá-los no dia-a-dia.

Algumas sugestões que certamente vão colaborar para a formação de melhores estudantes.

- Valorize o conhecimento, concretamente, dentro de casa. Um lar sem livros e leitores provavelmente não é um lar que valoriza a cultura.
- Realce a autoestima de seus filhos com atenção e cuidado. Serão assim mais confiantes e serão capazes de resistir à pressão negativa dos grupos.
- Ensine-os a assumir a responsabilidade do que fizeram: arcar com as consequências naturais dos atos os estimula a desenvolver responsabilidade.
- Valorize o aprendizado permanente. Mostre que estamos sempre aprendendo e nos desenvolvendo, dizendo inclusive: "não sei, vamos descobrir juntos".
- Use apenas o melhor da TV. Deixe-a desligada o resto do tempo. Habilidades importantes são desenvolvidas na conversa, no jogo, na brincadeira. Faça isso com seus filhos.

Da mesma forma, para que se formem estudantes saudáveis, a relação entre a família e a escola deve ser cultivada. As crianças e os pré-adolescentes necessitam que os pais demonstrem interesse pelo que acontece na escola, pelo desenvolvimento alcançado, pela produção do aluno.


Por isso, é muito positivo
- acompanhar a vida escolar, informando-se sobre o desenvolvimento do aluno por fontes de informação fornecidas pela escola.
- participar dos eventos da escola (reuniões, mostras de trabalhos e eventos culturais).
- trabalhar cooperativamente com os professores. Visitar e comunicar-se com a escola, conhecendo o que pode ser feito em casa para melhorar a condição de aprendizagem de seus filhos.
- incentivar os filhos a utilizar diferentes fontes de informação (livros, enciclopédias, eletrônicas ou não, Internet, entrevistas) nas pesquisas solicitadas.
- ler com eles e para eles: ler em voz alta faz com que compreendam a língua escrita, sua estrutura, seu vocabulário.
- enfatizar que não há campo de estudo inútil. Todos são fundamentais, seja por seu conteúdo, por desenvolver o raciocínio ou por ampliar sua visão de mundo.

Maria Helena Bresser
Doutora em Psicologia
Diretora Pedagógica do Colégio Móbile
Fonte: Colégio Móbile
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/artigos/como-a-escola-e-os-pais-podem-formar-juntos-um-bom-aluno.php



sexta-feira, 15 de março de 2013

Música: Canção do sal

Esta música, contida no conteúdo de história a ser estudado no quarto ano,possibilitou aos alunos conhecer um pouco sobre um dos maiores cantores de MPB: Milton Nascimento.

Além disso, com sua letra pudemos viajar na ideia que o compositor nos transmite, levando os alunos a uma reflexão sobre trabalho e dignidade.

Ao contrário do que pensávamos a música foi muito bem aceita pelas crianças que se divertiram muito com sua melodia.


Canção do Sal
Trabalhando o sal é amor é o suor que me sai
Vou viver cantando o dia tão quente que faz
Homem ver criança buscando conchinhas no mar
Trabalho o dia inteiro pra vida de gente levar
Água vira sal lá na salina
Quem diminuiu água do mar
Água enfrenta sol lá na salina
Sol que vai queimando até queimar
Trabalhando o sal pra ver a mulher se vestir
E ao chegar em casa encontrar a família sorrir
Filho vir da escola problema maior é o de estudar
Que é pra não ter meu trabalho e vida de gente levar




Chapeuzinho Amarelo

É sempre muito importante ler para uma ou mais crianças, principalmente se com isso conseguirmos mexer com suas imaginações, este livro leva o leitor a refletir de forma divertida sobre seus medos e receios.

Após uma deliciosa e divertida leitura com apresentação das ilustrações contidas na obra...mãos na massa. Cada aluno deverá escrever sobre seus medos e buscar caminhos para controla-los e/ou superá-los.



sábado, 2 de março de 2013

Produção de texto

A nossa primeira produção textual foi a reescrita de uma história.

Fiz a leitura do livro: "Araújo & Ophélia" de Ricardo Azevedo - Editora Moderna.


Após leitura, fizemos uma roda de conversa sobre o assunto abordado na leitura: "A retirada de uma mangueira de mais de 100 anos e outras árvores de uma praça em prol do progresso".

Só depois de recontarmos e analisarmos os pontos principais da história foi que pedi que fizessem a reescrita.

Com esta atividade pude verificar ortografia e segmentação das palavras, pontuação, paragrafação, sequencia de acontecimentos.

Após a leitura destas produções, um texto é escolhido para passar pela refacção que é feita coletivamente com a classe levando os alunos a refletirem sobre o processo de escrita.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Música: Carro-Céu





A música escolhida para essa semana foi o tema de abertura da novela Carrossel. O trabalho foi ótimo e bem divertido, pois os alunos tinham a letra na ponta da língua, assim foi fácil cantar e dançar antes de partirmos para o trabalho.
Um vídeo da música pode ser visualizado no link: 


CARRO-CÉU

Entre duendes e fadas
A terra encantada
Espera por nós
Abra o seu coração
Na mesma canção
Em uma só voz

Entra, vem no picadeiro
Pintar essa cara
Com tinta e pó
Deixe a criança escondida
Esquecida, esquecer
Que ela é avó

Embarque nesse carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu
Embarque nesse carrossel
Onde o mundo faz de conta
A terra é quase o céu

No nosso circo maluco
 Você é de tudo
Até super herói
Você é a roda-gigante          
O anão, elefante         
O índio, cowboy

Venha, não perca o seu tempo           
Que até a idade         
Se pode escolher
Venha ser uma criança             
Girar nessa dança
Ser o que quiser

Com essa música pude trabalhar: substantivos, adjetivos, interpretação, significado das palavras (uso do dicionário e do google), pesquisa de imagens de palavras desconhecidas, organizar em ordem alfabética os substantivos existentes na música.
Além disso,esta letra nos remete ao maravilhoso munda da fantasia, podemos então exercitar  em nossos alunos o uso da imaginação, o que oportunamente usaremos nas produções de texto.